SEET solicita recontratação dos profissionais de enfermagem exonerados sobre receio da instalação do caos nos hospitais

04/01/2019 16/01/2019 14:43 434 visualizações

Por: Eriks Jhônata

 

O Sindicato dos Profissionais de Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET), na condição de legitimo representante dos profissionais de enfermagem notificou o Secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, solicitando a recontratação dos profissionais da enfermagem com contrato temporário exonerados pelo Governo do Estado do Tocantins neste mês.

O atual Governador extinguiu os contratos temporários dos servidores da área da saúde, os quais em sua maioria são profissionais de enfermagem que atuam na rede hospitalar estadual, gerando um clima de tensão pelos Hospitais Públicos do Estado.

O Presidente do SEET, Claudean Pereira Lima esclarece que esta decisão do Governo do Estado afeta toda a população e que o sindicato estar tomando todas as providencias cabíveis para defender o direito dos profissionais da categoria. “O SEET trabalha na perspectiva da preservação, manutenção e ampliação dos direitos dos profissionais de enfermagem, sempre exigimos que haja mais concurso público e que os trabalhadores tenham seus direitos respeitados e preservado”, ressalta.

Ainda de acordo com a entidade, o Governo sempre alega não ter condição de realizar concursos para o preenchimento das vagas de enfermagem. “Ele usa as contratações temporárias para que a população não fique desassistida, mas vemos isso como algo irregular, porque o ideal seria profissionais concursados tendo boas condições salariais e de trabalho, mas o que temos são contratos que suprimem os direitos dos trabalhadores, causando instabilidade porque o trabalhador fica na tensão sem saber quanto tempo seu contrato permanecerá, neste proposito sempre exigimos mais concursos para a enfermagem”, manifesta.

O sindicato receia que haja instalação de caos pelos hospitais públicos do Estado em virtude das exonerações, pois tal conduta do Governo do Estado traz a certeza da precarização da assistência de enfermagem e consequentemente a queda na qualidade dos serviços prestado à população. “Queremos a recontratação dos profissionais da enfermagem porque não temos dúvidas que o governo não conseguirá fechar as escalas, resultando na sobrecarga de trabalho que pode gerar caos no Hospitais”, afirma o presidente.

O SEET afirma que continuará pleiteando a realização de concurso público para a enfermagem, não esquecendo da importância dos servidores contratados para a saúde pública no Estado e que os mesmos no futuro possam ser efetivado no serviço público através do concurso, enquanto isso buscamos a recontratação dos exonerados.