SEET e profissionais de Enfermagem acompanham debate sobre a MP N°05

26/06/2019 09/07/2019 14:18 435 visualizações

Na manhã desta quarta-feira, 26, o Sindicato dos Profissionais da Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET) juntamente com outros representantes sindicais e profissionais da Enfermagem, acompanharam da reunião que ocorreu no plenarinho da Assembleia Legislativa para acompanhar e apoiar a inclusão das propostas de alteração da Medida Provisória N°05/2019 que estabelece critérios quanto a carga horária dos servidores da saúde do Estado.

Atualmente a MP tramita na Assembleia Legislativa, a reunião que ocorreu foi da Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle para que a MP fosse debatida e aprovada. Durante a reunião, dois deputados pediram vistas para analisar melhor a MP, neste processo os sindicalistas tem a oportunidade de fazer suas propostas e sugerir alterações junto aos deputados da comissão.

O Sindicato vem propondo intervalo de 12hs entre as jornadas de trabalho dos profissionais da Enfermagem, o retorno dos 10 plantões e que possa existir regime de plantão de 24hs sem obrigatoriedade.

A próxima reunião desta comissão está agendada para o dia 27 (quinta-feira) às 08hs no mesmo local. Segundo o presidente do SEET, Claudean Pereira Lima, o sindicato está fazendo expediente com os demais deputados pedindo apoio para que votem a favor das alterações sugeridas. “Esta Medida Provisória ainda precisa passar por mais uma comissão para depois ser votada no plenário, enquanto isso, estamos agindo juntamente com os filiados para fazer o melhor para a categoria, o Sindicato agradece a presença e empenho de todos os colegas e profissionais que estiveram presente neste movimento”, ressalta.

O SEET conclama todos seus filiados e demais profissionais de Enfermagem que procurem seus deputados estaduais e conscientize-os sobre os danos que a tal Medida Provisória pode trazer caso seja aprovada da forma como estar, além disto, pedir apoio aos mesmos para que aprovem, na votação, as propostas que o sindicato fez sobre a MP N°05.É importante salientarmos mais uma vez que a união da categoria pode fortalecer a enfermagem e garantir o direito de todos.