Nota de repúdio: Extinção da Mesa de Negociação Permanente do SUS

05/08/2019 16/08/2019 10:02 412 visualizações

O Sindicato dos Profissionais de Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET) vem a público informar aos seus filiados que repudia a medida adotada pelo Secretário de Estado da Saúde, Luiz Edgar Leão Tolini, que deferiu a portaria n°405/2019 a qual informa a extinção das atividades da Mesa Estadual De Negociação Permanente do SUS, a partir de 28 de junho de 2019.

Posteriormente haviam a Mesa de negociação do SUS, de âmbito nacional, estadual e municipal, contudo, o Ministério da Saúde extinguiu a mesa SUS nacional e procedentemente a estadual tomou o mesmo caminho.

Segundo o presidente do SEET, Claudean Pereira Lima, é lamentável presenciar mais um retrocesso que os governantes impõe sobre os trabalhadores. “É um retrocesso, pois a Mesa SUS era um instrumento que ajudava muito na defesa dos direitos dos servidores do Estado como: alimentação, repouso para plantonistas, condições de trabalho, dentre outros. O momento vivido no Brasil é extremamente delicado para os trabalhadores sejam eles da iniciativa privada ou pública pela retirada de direitos por parte dos governantes” ressalta.

É importante ressaltar que a Mesa de Negociação Permanente do Sistema Único de Saúde é um fórum paritário e permanente de negociação, que reúne gestores públicos, prestadores de serviços privados da saúde e entidades sindicais representativas dos trabalhadores da saúde e tem como uns dos principais objetivos instituir processos negociais de caráter permanente para tratar conflitos e demandas decorrentes das relações de trabalho no âmbito do SUS.

O SEET conclama os profissionais da Enfermagem a estarem se filiando para que fortaleça a categoria na luta pela garantia dos seus direitos e contra retirada dos mesmos.

 

Diretoria do SEET