SEET participa da 12° Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde

04/12/2019 19/12/2019 18:23 208 visualizações

Por: Eriks Jhônata

 

O presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem no Estado do Tocantins (SEET), João Batista Alves e a Diretora Geral do SEET, Rosana Oliveira, estiveram presentes na 12° Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde realizada na tarde desta quarta-feira, 04, em Palmas. Na ocasião, foi apresentado a 2° revisão do Plano Municipal do quadriênio 2018/2021 e a programação da saúde para o ano de 2020 com todas as ações do serviço de saúde para o próximo ano.

O Conselho Municipal de Saúde tem como finalidades precípuas as ações deliberativas e finalizadoras, e ainda, as funções normativas, consultivas e organizacionais do Sistema Único de Saúde de Palmas; do Plano Municipal de Saúde e do Fundo Municipal de Saúde de Palmas, abrangendo a política pública estabelecida para o município, a ser executada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a Chefe da Assessoria Técnica de Planejamento da SEMUS, Edinelma Batista, foi apresentado aos conselheiros uma análise do que foi executado no corrido ano e as alteração de algumas metas. “Levantamos a análise dos pontos positivos e negativos, fracos e fortes do ano de 2019, levando em conta a demanda no município para que seja observado o que ainda precisa melhorar, fazendo readequações em algumas metas e indicadores para atender melhor a população com aquilo que todos tem direito”, afirma.

De acordo com o presidente do SEET, João Batista, os apontamentos que seriam apresentados pelo SEET estavam em pauta mas não entraram para discursão nesta plenária. “Iriamos abordar um tema de urgência que é a segurança nas Unidades de Saúde, porém, infelizmente teve que sair de pauta, mas uma nova plenária foi agendada e assim poderemos deliberar sobre o assunto”, esclarece.

Nestas revisões não se pode fazer grandes alterações, o que se pode modifica são algumas ações dentro dela para melhorar o serviço, porque para isso existe o Plano Municipal de saúde, que é instrumento ligado ao Plano Plurianual do município. O que se pode fazer durante a revisão do plano é mudança de algumas metas e indicadores que possa favorecer uma melhor manutenção do serviço.