Profissionais da Enfermagem devem responder a um questionário eletrônico da FIOCRUZ

23/06/2021 01/09/2021 16:24 689 visualizações

As tratativas foram discutidas em reunião realizada nesta terça-feira (22), na modalidade remota e contou com a participação da representante da Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) e representes sindicais do Tocantins e do Sergipe.

A pesquisa está sob a coordenação da FIOCRUZ, em todo o País, até o dia 30 deste mês de junho. Para participar da pesquisa “Os trabalhadores invisíveis da saúde: condições de trabalho e saúde mental no contexto da Covid-19 no Brasil”, você precisa estar atuando, diretamente, em atividades auxiliares e de apoio ao enfrentamento da pandemia. Essa pesquisa está sendo realizada por uma equipe de pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e Centro de Estudos Estratégicos (CEE)/Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).

Sua contribuição ajudará a compreender e analisar as condições de vida e do trabalho desses trabalhadores tão importantes que muitas vezes não têm a devida visibilidade social que deveriam ter.

Acesse o link e responda ao questionário online: https://is.gd/PesquisaInvisiveis

O presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins (SEET), João Batista Alves das Neves, destaca a importância da pesquisa e conclama a categoria para responder o questionário, “Uma pesquisa dessa natureza é de grande importância para apontar nossos gargalhos que aumentaram muito com essa pandemia. Faço um apelo, a cada profissional de saúde do Tocantins que acesse nosso site e responda ao questionário, precisamos mostrar nossas demandas, nossas dificuldades e nosso valor”.

Além do presidente do SEET, João Batista e da coordenadora da pesquisa, Maria Helena Machado (FIOCRUZ), participaram da reunião os seguintes sindicalistas: Manoel Miranda, José Roque, Mário Benicio, Francisca Rocha, Valéria Araújo de Queiroz (TO) e Ricardo Abel (SE).

O prazo para responder as questões propostas, termina no dia 30, não deixe para a última hora, responda e dê a sua contribuição para a Enfermagem do Tocantins e do Brasil.

 

Por Ascom SEET