Novo piso salarial da enfermagem é aprovado na Câmara dos Deputados com 449 votos

06/05/2022 06/05/2022 08:36 69 visualizações

Foi aprovado nesta quarta-feira, (4) o projeto de lei que regulariza o piso salarial da enfermagem, com um acréscimo de 70% para enfermeiros e 50% para auxiliares, técnicos e parteiras.

     Foram 160 dias, desde o dia em que foi encaminhado o ofício, até a sua aprovação no plenário. Um esforço conjunto entre a categoria da enfermagem e seus sindicatos. O Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins (SEET), esteve colaborando em todas as etapas deste processo. Clique aqui

              “Fazer hoje, esse ato, é sem dúvida nenhuma, reconhecer a enfermagem brasileira, valorizar o SUS e valorizar quem trabalha para salvar vidas. Quero exaltar as entidades que encaminharam essa luta [...]”. Discursou a Deputada Alice Portugal, democrata do PCdoB, Bahia, em agradecimento aos profissionais da enfermagem.

                A classe da enfermagem e seus demais representantes se reuniram no auditório da Câmara em um ato de apoio à aprovação do projeto e diversas caravanas vieram de várias partes do país para assistir ao debate. Muitos também puderam acompanhar o debate em transmissão ao vivo pela TV Câmara.

         De acordo com o presidente do SEET João Batista Alves das Neves, a enfermagem conseguiu alcançar reconhecimento. "Após muita luta, a enfermagem tem motivos para se alegrar, essa é uma conquista de todos nós, sindicatos e profissionais. O SEET continuará buscando sempre o melhor para a categoria."

        Em uma vitória com ampla maioria de votos, 449 a 12, o PL 2564/20 teve sua aprovação e segue para sanção presidencial no prazo de até 15 dias. Caso seja vetado pelo Presidente da República, o Congresso Nacional poderá derrubar o veto.

 

Por Ascom SEET

 

.